Divulga Vagas - 01 de outubro é o Dia do Vendedor - O que Jamais Pode Faltar a um Vendedor
Home   >   01 de outubro é o Dia do Vendedor - O que Jamais Pode Faltar a um Vendedor
01 de outubro é o Dia do Vendedor - O que Jamais Pode Faltar a um Vendedor
01/10/2020   Divulga Vagas 63 Visualizações

O dia 01 de outubro é o Dia do Vendedor.
Segue abaixo um pequeno artigo para homenagear o profissional de vendas e a todos que de alguma forma contribuem com a nossa profissão.
Parabéns pelo o seu dia afinal somos TODOS VENDEDORES!

O que Jamais Pode Faltar a um Vendedor

A carreira de vendas está longe de ser glamourosa é, sem dúvida nenhuma, um das que mais exigem alguns aspectos emocionais que podem e devem ser trabalhados para um melhor desempenho. É uma grande bobagem dizer que para ser um bom vendedor a pessoa deve ser expansiva, carismática e um bom contador de piadas. Longe disso, toda e qualquer pessoa pode ter sucesso na carreira de vendas, mas é claro que existem alguns aspectos que não podem faltar para um bom vendedor. São eles:

Capacitação técnica: Bons vendedores não gostam de perder nenhum tipo de treinamento e estão sempre ávidos para aprender mais.

Iniciativa: Eles criam, inovam, são inquietos, inconformados, detestam a rotina e querem sempre mais. Ao agir sentem o sangue correr nas veias e é exatamente isso que eles adoram: sentir-se vivos na profissão.

Persistência: Não desistem facilmente quando têm convicção de que algo está certo ou de que aquele é o caminho.

Resiliência: Ser resiliente é ser resistente e não se deixar abater perante as adversidades. Nada melhor do que um dia após o outro.

Entusiasmo: Bons vendedores têm brilho nos olhos. Ser entusiasta não significa ser só sorrisos o tempo todo, significa ter uma forte convicção de que você está no lugar certo e com as pessoas certas. É quando fazemos algo que faríamos até de graça. O que me leva a última qualidade que não pode faltar a nenhum vendedor que é...

Paixão: Não conheço nenhum vendedor de sucesso que não goste do que faz. Vendas são apaixonantes e o cliente um grande caso de amor. Gostar do que se faz é condição universal para ser bem-sucedido na carreira e na vida.

Como ser um excelente vendedor? Seja um vendedor que traz resultados

Vender é a capacidade que um profissional tem em oferecer soluções.

Soluções para seus clientes, soluções para seu líder e sua empresa e soluções para sua vida!

Pra começar, não tem como ser um excelente vendedor sem mostrar o valor das soluções de sua empresa para seus clientes.

Além disso, existem os objetivos do negócio e de seu gestor, que também precisam ser atingidos.

Mas você não pode esquecer de outro ponto fundamental: por meio das soluções que você vende para seus clientes (essa é sua profissão, certo?) é que você atinge seus objetivos pessoais e traz as soluções que deseja para os desejos e necessidades de sua vida.

Nesse post, vamos mostrar como ser um excelente vendedor. Isso significa permear esses 3 aspectos, divididos em 7 características essenciais do vendedor excelente.

 

Agendor é uma plataforma de aprimoramento de vendas que ajuda a aproveitar todas as oportunidades de forma mais eficiente, trazendo mais qualidade de vida e produtividade para vendedores.

Saiba mais: O guia completo para começar a usar o software de CRM para vendas Agendor

Como ser um excelente vendedor: as 7 características que ele precisa ter

1- Um vendedor excelente bate a meta

Fácil de falar, não tão simples de fazer.

Mas se você quer uma dica de como ser um excelente vendedor, aquele que sempre (ou quase sempre) bate a meta, entenda o seguinte:

A meta de vendas precisa estar relacionada às suas metas pessoais.

Quando você olhar para aquele número que precisa bater, não enxergue números, mas a sua casa própria, um carro novo, aquela viagem com a família que você sonha.

A cada comissão ganha ou bônus recebido, monte uma planilha onde você vai anotando seus ganhos e tendo consciência de quanto falta para comprar sua casa (ou outro objetivo pessoal que almeja).

Como você fazer para alcançar suas metas? Aqui vai uma pequena lista de atividades fundamentais:

  • Visitar clientes
  • Fazer o trabalho de pós-vendas
  • Responder os clientes rapidamente
  • Criar um plano de ação para atingir seus resultados
  • Priorizar as atividades do dia a dia que te aproximam de sua meta e fugir daquelas que só consomem seu tempo

2- Vende para qualquer perfil de cliente em potencial

Existem diferentes perfis de clientes: analítico, pragmático, diplomático e expressivo.

Para cada um deles, há diferentes argumentos que funcionam melhor:

  • Analítico: ele segue regras e sistemas estruturados, use a lógica, evidência e fatos
  • Pragmático: ele confia em planos objetivos e ideias claras, ele adora barganhar e é muito competitivo, deixe que pense que “ganhou” a negociação
  • Diplomático: a empatia e o rapport são fundamentais com este tipo de cliente, mostre que quer achar uma boa solução para ambas as partes
  • Expressivo: não gosta muito de números, é mais intuitivo, mostre grandes conquistas futuras, além dos resultados imediatos, na solução que está vendendo e use metáforas

Entenda melhor esses perfis:

3- Vende todo o mix de produtos e serviços

Não tem como ser um vendedor excelente sem saber vender com a mesma competência qualquer produto ou serviço do mix da empresa.

Para isso, é preciso criar valor, descobrir a necessidade que cada produto ou serviço do mix atende para seus clientes.

Durante a prospecção e contatos com o cliente, é necessário “transformar” essa necessidade em um problema que precisa ser resolvido com prioridade.

Por exemplo: se sua empresa oferece um software de controle financeiro empresarial, ele tem bastante valor para clientes que tem problemas para gerenciar suas finanças.

Mostre para ele que se esse problema não for resolvido, a empresa poderá não ter mais recurso financeiros suficientes para tocar o negócio, apesar de ter excelentes produtos e serviços que têm demanda certa no mercado.

Evidencie que a solução concreta que sua empresa oferece (nesse caso, um software de gerenciamento financeiro) pode ser a solução ideal na visão do cliente: o fim dos problemas de gestão de recursos para tocar seu negócio com tranquilidade.

4- Está alinhado com o plano tático de vendas que foi estabelecido

Você já ouviu falar – claro! – que toda empresa faz um planejamento estratégico, anualmente.

Esse planejamento determina os objetivos do negócio como um todo (nível estratégico) e depois é desdobrado para o nível tático, isto é, de cada departamento.

Portanto, o gestor do departamento de vendas cria suas próprias metas quando define seu plano tático de vendas.

Em seguida, essas metas táticas são distribuídas entre os vendedores, é o chamado nível operacional.

São as suas cotas de vendas e outras metas que o gestor comercial atribuiu a você, como número de visitas, telefonemas e propostas enviadas, por exemplo.

Note que o seu papel dentro do planejamento estratégico da empresa está definido nesse plano tático.

Não tem como ser um bom vendedor sem fazer sua parte no plano tático de vendas e contribuir para os objetivos estratégicos da empresa.

5- Usa estratégias de market share e wallet share

Dominar a fatia de mercado (market share) definida nos objetivos estratégicos da empresa é muito importante.

Isso não significa, necessariamente, ser o líder, mas ocupar um território nesse mercado, que é onde os vendedores vão buscar oportunidades de vendas.

A cada novo cliente conquistado, um pedacinho do mercado é retirado da concorrência e começa a fazer parte do market share de sua empresa.

Outro ponto importante é o wallet share: a fatia da “carteira”, da verba do seu cliente que ele gasta com sua empresa.

Estratégias de wallet share visam vender mais para que já é cliente.

Para isso, estude seu mix de produtos ou serviços e veja se esse cliente não poderia a se interessar por mais soluções que seu negócio já oferece.

6- Mantém a carteira de clientes

Como ser um excelente vendedor?

Além de conquistar novos clientes e ampliar o market share da empresa, um excelente vendedor deve se preocupar em manter sua carteira atual e vender cada vez mais para ela.

Para isso, duas técnicas importante são muito usadas:

Cross-sell

Venda produtos e serviços do mix da empresa que seu cliente ainda não compra e são relacionados ou complementares ao que ele já costuma adquirir.

Por exemplo: no caso do software de gestão financeira que falamos, o vendedor pode vender um produto complementar, como um sistema de emissão automatizada de notas fiscais.

Upsell

Aumente os valores que seu cliente gasta com seu negócio.

Vamos seguir o mesmo exemplo. O cliente tem um plano básico desse sistema de gerenciamento financeiro.

O vendedor estuda o negócio do cliente e nota que já está na hora de ele migrar para o plano “plus”.

7- Vendedor de resultado é aquele que cumpre um plano comercial

O plano comercial define como atingir as metas táticas estipuladas pelo gestor de vendas.

Existe toda uma estratégia por trás disso e tarefas específicas são atribuídas a cada vendedor.

Se um vendedor se sente mais confortável vendendo somente determinado tipo de produto, ou atendendo certa região, e foge do plano comercial, está agindo em benefício próprio, e isso pode prejudicar a equipe e a empresa como um todo.

Não tem como ser um excelente vendedor sem respeitar o plano comercial e agir de forma colaborativa com seu time e seu líder de vendas.

Ficou claro para você como ser um excelente vendedor?

FONTE: https://administradores.com.br/artigos/01-de-outubro-e-o-dia-do-vendedor-o-que-jamais-pode-faltar-a-um-vendedor e https://www.agendor.com.br/blog/como-ser-um-excelente-vendedor/