Divulga Vagas - Carreira de Soldador: Mercado, Qualidades, Salário e Mais
Home   >   Carreira de Soldador: Mercado, Qualidades, Salário e Mais
Carreira de Soldador: Mercado, Qualidades, Salário e Mais
24/09/2020   Divulga Vagas 152 Visualizações
Todos os dias utilizamos coisas que foram soldadas (o celular no seu bolso, o carro, ônibus ou bicicleta que você usou hoje ou ontem são bons exemplos). Se existe algo com componentes metálicos perto de você, existe um soldador por trás.
 
Afinal, vamos para o que interessa. Quer saber o que faz um soldador atualmente? Como está o mercado de trabalho? Qual a média salarial? Ou quais as habilidades e cursos necessários para se tornar um soldador profissional? Este artigo vai responder tudo isso e muito mais. Continue lendo e descubra!
 
Aqui você vaiu conferir os seguintes tópicos:
  1. Funções do soldador
  2. Requisitos para se tornar um soldador
  3. Salários do Soldador
  4. Onde estão as vagas de emprego
  5. Quais setores trabalhar
  6. Qualidades de um soldador
  7. Riscos da profissão
  8. O que é um meio oficial
  9. Onde se atualizar com tecnologias
  10. Oportuniades e áreas específicas
  11. Guia Gratuito Soldagem MIG MAG

Funções: o que faz um soldador?

O soldador é o profissional responsável por executar a união de materiais, geralmente metais ou termoplásticos, através de técnicas de aquecimento, de pressão ou ambas. Ele utiliza de processos de soldagem como TIG, MIG, MAG, eletrodo revestido, arco submerso, arame tubular, entre outros, para criar o que chamamos de “solda”.
 
Existem instrumentos básicos para que um soldador profissional possa desempenhar a sua função, tais como a tocha, a máquina de soldagem, consumíveis, gases de proteção, alimentadores, equipamentos de proteção individual (EPIs) e outros acessórios, dependendo das particularidades do trabalho sendo desenvolvido.

Requisitos: o que aprender para se tornar um soldador?

  1. Um soldador não requer um diploma universitário de ensino superior para exercer a profissão. Porém isso quer dizer que não seja necessário investir em cursos e certificados para ser um profissional requisitado pelo mercado.
  2. Toda empresa que contrata um soldador exige uma certificação técnica de soldagem. Boas instituições de ensino têm programas detalhados destinados a capacitar o aluno nos processos e técnicas de soldagem e corte mais usados na indústria, a fim de torná-lo um profissional flexível.
  3. Por isso, dê preferência para instituições que apresentam uma quantidade considerável de treinamento prático, porque é nele em que você poderá aprimorar de verdade as habilidades necessárias para executar soldas em escala industrial.
  4. Além disso, as escolas ensinam a melhor maneira de se aplicar as diretrizes de segurança da soldagem, como o uso dos EPIs e as formas corretas de se manusear os instrumentos sem correr riscos de se machucar. Se você quer trabalhar de forma profissional, saiba que tornar um hábito a preocupação com tais medidas de segurança e de manutenção da saúde é tão importante quanto aprimorar a sua habilidade como soldador.
  5. Para jovens que ainda estão no ensino médio, cursos de aprendizagem industrial, como por exemplo o do Senai, podem ser uma boa forma de começar a jornada para se tornar um soldador profissional. Nele, você aprenderá toda a teoria por trás de uma solda, as principais condutas de segurança, e os processos de soldagem mais empregados nas fábricas.
  6. Este curso tem uma carga horária de 800 horas e está presente em grande parte das unidades da instituição. Também é a melhor maneira de se conseguir um emprego como meio oficial soldador.
  7. Já para pessoas que concluíram o ensino médio, a melhor escolha é a formação de técnico em soldagem. A carga horária geralmente é de 1200 horas, e no curso você aprenderá desde toda parte teórica e prática por trás das técnicas de soldagem, até a como planejar e supervisionar os diferentes processos e etapas de uma solda, seguindo os todos os protocolos de qualidade, segurança, saúde que regem o trabalho em grandes empresas do setor industrial. Cursos técnicos como esse estão presentes em quase todas as capitais brasileiras e em grandes cidades do interior.

Salário do Soldador: do iniciante ao experiente

De acordo com sites como o Salario.com.br ou o Glassdor, o salário de um soldador iniciante está por volta de R$ 1.800. Porém a média salarial para soldadores mais qualificados está na faixa de R$ 2.200 à R$3.000.
 
No entanto, dependendo dos cursos técnicos, da experiência e dos processos de soldagem que o profissional domine, o salário pode chegar tranquilamente à casa dos R$ 4.000 em empresas maiores ou multinacionais.
 
Já no exterior, de acordo com o Indeed e o Economic Research Institute, um soldador profissional ganha em média 18 dólares por hora trabalhada. O que significa, convertendo para reais e levando como base uma jornada de trabalho de 8 horas diárias, o salário pode chegar à R$ 20.000. Com a possibilidade de ganhar tanto, investir naquele curso de Inglês não parece uma má ideia, não é mesmo?
 

Onde estão as vagas de emprego para soldadores?

Parte considerável da demanda permanente por soldadores se concentra na região Sudeste. Porém em grandes obras, como a construção de refinarias, oleodutos, estaleiros e hidroelétricas, e em regiões com alta concentração de atividade industrial, estão espalhadas pelo territorial nacional e são ótimos lugares para um soldador encontrar trabalho.
 
Uma tendência atual, e que não para de crescer, são soldadores brasileiros trabalhando no exterior. Em países e regiões como Canadá, Japão, Estados Unidos e Europa, profissionais com alta especialização são muito bem-vindos!
 

Carreira: em quais setores é possível trabalhar?

As pessoas que escolhem seguir a carreira da soldagem são aquelas que gostam de trabalhos manuais e não tem receio de se sujar enquanto fazem isso.
 
Já citamos alguns dos campos que mais empregam soldadores. Mas é sempre bom ser mais específico, não é mesmo? A seguir, detalharemos alguns dos principais setores industriais em que soldadores são essenciais:
  1. Tubulações e Dutos: aqui a maior concentração está em torno da indústria do petróleo. Desde a construção de uma refinaria, da rede de oleodutos até as plataformas em alto mar. 
  2. Montadoras, Fabricantes e Chapas Metálicas:  o trabalho nesse setor é dar retoques finais à diversos bens de consumo, como brinquedos, dispositivos eletrônicos e computadores.
  3. Fabricantes de caldeiras: a produção de chapas e tubos é a base dessa indústria. Embora, atualmente, os fabricantes de caldeiras também lidam com uma variedade de tecnologias diferentes do que só a criação de caldeiras, como pontes, jateamento e equipamentos de mineração.
  4. Joalheria: esta área é para profissionais extremamente detalhistas. Na fabricação de joias, o soldador lida peças feitas de pedras e metais preciosos, e qualquer erro pode causar prejuízos enormes. O objetivo da soldagem nesse setor é aproximar as pedras mineradas o máximo possível da condição original do material, para que a joia custe o maior valor viável.
  5. Maquinaria, Ferramentaria e Fabricantes de matrizes: nesses, os soldadores trabalham na produção de componentes essenciais de automóveis, aeronaves, navios, barcos e em uma variedade de itens usados no setor de construção civil.
 

Qualidades: o que você precisa ter para ser um soldador?

  1. As duas principais capacidades que você precisa ter é ser detalhista e conseguir se manter focado por muitas horas. É um trabalho minucioso que requer um rigoroso grau de atenção durante cada estágio da solda.
  2. Além disso, estar familiarizado com procedimentos corretos para a aplicação das diversas técnicas de soldagem é essencial. Existem muitas formas diferentes de se soldar, e cada peça requer um trabalho específico para se chegar ao resultado mais eficiente.
  3. Outra habilidade é estar antenado as mudanças que as novas tecnologias da soldagem estão trazendo. Manter-se atualizado é algo valioso em um mercado cada vez mais influenciado pela Indústria 4.0.
  4. Por último, mas não menos importante, é fundamental que alguém que deseja se destacar nesse campo entenda que existe toda uma matemática por trás de cada peça, que explica e soluciona cada detalhe de um cordão de solda. Se você tem facilidade em pensar de maneira lógica e consegue olhar para algo e entender o conjunto de ações que foi empregado para que aquele objeto fosse fabricado, a carreira de soldador é o lugar certo para você!
 

Riscos da soldagem: precauções e perigos da profissão de soldador

Nem tudo são flores na vida de um soldador. Existe uma série de condutas de segurança que fazem parte da rotina de um profissional, pois a exposição à altíssimas temperaturas e os riscos relacionados à radiação, incêndios, fumos, são perigosíssimos para a sua saúde. Alguns dos incidentes mais comuns e que trazem danos para a saúde são:
  • Trabalhar muitas horas seguidas em uma postura desconfortável;
  • Inalar fumos e outros gases;
  • Ser atingido por respingos e faíscas, principalmente no rosto;
  • Expor os olhos e a pele aos raios UV do arco elétrico ou aos campos eletromagnéticos;
  • Entrar em contato com equipamento condutor de eletricidade e receber um choque elétrico;
  • Sofrer um choque elétrico por causa do contato com instrumentos condutores elétricos;
  • Ficar muito tempo exposto à sons e barulhos;
  • Incêndios, explosões, intoxicação ou acidentes físicos.
MAS NÃO SE ASSUSTE, MEU AMIGO! É para isso que estamos batendo nesta tecla: fazer uso das EPIs e seguir os códigos de segurança é o que define se você é um soldador profissional ou não.
 
O campo da soldagem já existe a quase 200 anos, e os todos os procedimentos relacionados à solda já foram testados, controlados e tornados completamente seguros para que um soldador possa desenvolver seu trabalho tranquilamente.
 
Basta a empresa seguir as corretamente as normas padrões de produção e, você, profissional, fazer o uso correto de todas as EPIs. Sim, meu amigo, repetimos de novo. E vamos repetir uma terceira vez só para você não dar trela para o azar: não trabalhe sem os EPIs, meu amigo soldador!
 

O que é um meio oficial soldador?

É o assistente direto do soldador. Esse profissional auxilia na soldagem das peças, na organização dos materiais indispensáveis para a execução da solda, na manutenção dos equipamentos e da célula de trabalho, e em outras atividades necessárias para que o soldador possa realizar o melhor trabalho possível.
É o melhor caminho para se começar na área da soldagem. Geralmente as vagas de emprego para a função de meio oficial soldador não pedem experiência, pois a ideia é essa mesma: através do auxílio ao soldador, você adquire de perto o aprendizado necessário para executar as técnicas de soldagem usadas pela empresa, para que você mesmo possa se tornar um soldador.
 

Onde posso encontrar as novidades em soldagem para não ficar de fora do mercado?

É essencial para o soldador sempre conhecer o que há de mais novo em tecnologia de solda, pois, além dos EPIs, as máquinas de soldagem serão as suas grandes companheiras de trabalho.
 

Oportunidades para trabalhar em vários tipos de locais

A soldagem é uma carreira que oferece múltiplas opções para seguir. Soldadores são necessários em quase todas as indústrias e aqueles que querem avançar em sua carreira têm a possibilidade de fazer cursos e aprender novas técnicas.
Alguns exemplos de campos nos quais os soldadores podem encontrar oportunidades de carreira são: inspeção, engenharia, robótica, educação, vendas e gerenciamento de projetos.
 
Você sabia que a soldagem é necessária em quase todos os lugares, do fundo do oceano ao espaço sideral?
Como soldador, não há dúvida de que você terá uma grande gama de locais para atuar. Caso você tenha um espírito livre, é possível trabalhar em locais em que você esteja sempre se movimentando.
 
Veja alguns exemplos:
 
• Construção e reparação naval
A indústria de construção naval é imensa e cria comunidades inteiras para seus trabalhadores. 
Os estaleiros estão sempre contratando soldadores conhecidos como "contratados independentes" para preencher as ofertas de trabalho que possuem ao cumprir grandes contratos. 
As pessoas que trabalham em estaleiros normalmente viajam para os portos onde o trabalho deve ser feito. Os trabalhos nos estaleiros podem durar algumas semanas ou até alguns anos, dependendo de quantos navios precisam ser construídos. 
 
• Apoio militar
Os militares sempre precisam de soldadores para fabricar e reparar seus materiais. Os empregos de apoio militar geralmente são administrados por empresas contratantes que se especializam na construção de infra-estrutura e na reparação de equipamentos militares. Alguns dos tipos de trabalho que se realizam são a construção de tubulações, a reparação de tanques e o fornecimento de veículos militares. 
 
• Tubulações
Os soldadores de gasodutos viajam sempre que é necessário instalar ou reparar linhas de tubulação. É importante observar que este tipo de trabalho muitas vezes requer viver em lugares remotos.
 
• Soldagem subaquática
Já se imaginou trabalhando no fundo do oceano?  Esta é uma habilidade altamente especializada que pode levá-lo a lugares que poucas pessoas já estiveram antes. Soldadores subaquáticos viajam pelo mundo indo de um local de trabalho para outro. 
 
• Motorsports
Se você adora assistir F1 e Nascar, já pensou em como seria incrível trabalhar com isso? A soldagem é uma tecnologia muito importante para qualquer automobilismo, porque todo o metal é feito sob medida. As equipes de corrida da NASCAR literalmente construíram seus carros desde o início e há muita soldagem e fabricação de metal. Os soldadores costumam até viajar junto da equipe de corrida. É uma carreira emocionante que muitas pessoas adorariam fazer parte.
Soldadores qualificados estão sempre em alta demanda
 
A soldagem é uma das poucas carreiras que frequentemente estão em alta. Cerca de 50% de tudo que é produzido no mundo precisa de soldagem (de computadores a carros, de pequenas escadas a grandes pontes e prédios).
O futuro para os soldadores é otimista
 
Os soldadores sempre são solicitados em momentos de boa economia. Os soldadores são uma parte importante das indústrias e, sempre que elas estiverem movimentadas, a profissão estará em alta. A perspectiva futura para soldadores continua a parecer melhor enquanto outras opções de carreira parecem estar desaparecendo.
 

Guia Gratuito MIG/MAG

Confira neste link o Guia Gratuito MIG MAG, o processo de soldagem mais utilizado no mundo atualmente, que a Aventa preparou especialmente para você! 
 
 
FONTE: https://aventa.com.br/novidades/carreira-soldador