Divulga Vagas - Como seguir a profissão de carteiro?
Home   >   Como seguir a profissão de carteiro?
Como seguir a profissão de carteiro?
27/01/2020   Divulga Vagas 19 Visualizações

Mais de 36 milhões de objetos são entregue por dia em todo o Brasil, colocando o carteiro em posição de destaque no mercado de trabalho

 

Com a globalização e o aumento da população mundial, mercadorias, informações, dados e negócios são trocados cada vez com mais frequência e em maior escala. Dessa forma, os serviços de entrega se modernizaram e atualmente contam com diversas ferramentas para agilizar os processos, como inclusão de motos e carros voltados às entregas, por exemplo.

Apesar das tecnologias presentes no mundo de hoje, uma profissão que ainda se destaca cada vez mais, desempenhando um papel de suma importância no cenário mundial das comunicações e prestação de serviço, é a de carteiro. Eles são responsáveis por entregar mais de 36 milhões de objetos por dia.

O termo utilizado para designar os profissionais da empresa pública chamada “Correios”, nome popular da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), também refere-se a trabalhadores de empresas privadas de encomendas expressas, como os courriers. Atualmente, o Brasil conta com mais de 60 mil profissionais do ramo.

Disposição e preparo físico, esses dois itens são fundamentais para quem deseja seguir a carreira. Isso porque, com a responsabilidade de entregar todas as correspondências e encomendas na sua área de trabalho, recolher assinatura do recebedor, garantir a assiduidade do serviço, prestar contas dos pacotes entregues e recebidos, esse profissional é conhecido por percorrer grandes distâncias todos os dias.

Além disso, o carteiro também tem como obrigação ordenar, conferir e fazer a triagem das entregas. O que não foi entregue deve ser devolvido no fim do expediente, no Centro de Distribuição Domiciliar da região de trabalho.

Para ingressar na profissão, quando contratado pela ETC, o interessado deve passar por uma seleção pública, cujo requisito principal é ter ensino fundamental ou médio completo. Em alguns casos, se necessário, após aprovação em concurso há uma fase de treinamento.

Nos casos de courriers, as exigências variam de acordo com as empresas, podendo ser pedido até mesmo carteira de habilitação no caso de entregadores motorizados. Assim como os requisitos, os salários variam de R$800 a R$1500,00 mensais.

 

FONTE: http://www.mundocarreira.com.br/sem-categoria/como-seguir-profissao-de-carteiro/