Divulga Vagas - Entenda melhor a área de Engenharia de Produção e o seu papel no futuro
Home   >   Entenda melhor a área de Engenharia de Produção e o seu papel no futuro
Entenda melhor a área de Engenharia de Produção e o seu papel no futuro
06/04/2021   Divulga Vagas 51 Visualizações

Muita coisa mudou desde a primeira revolução industrial. E a Engenharia de Produção é a área responsável por aplicar essas novas mudança às fábricas e indústrias atuais. Se você quer saber mais sobre o ramo, acompanhe este post até o final!

A Engenharia de Produção, assim como outras engenharias, possui um lado matemático analítico que envolve cálculos, números e estudos técnicos. Mas essa área vai além das contas e projetos e apresenta um diferencial. Por atuar em empresas e indústrias, o curso de Engenharia de Produção possui disciplinas voltadas para as áreas de administraçãogestão e até mesmo, economia.

O profissional formado nesta área é responsável por cuidar de todos os processos da linha de produção, garantindo a sua qualidade, ao passo que reduz os custos para a empresa. Ou seja, seu papel é fundamental para que as organizações possam produzir mais, gastando menos.

Diante disso, a grade curricular no curso de Engenharia de Produção envolve matérias que vão desde as disciplinas inerentes às engenharias como: cálculo e física, até as mais tecnológicas como internet das coisas, computação em nuvem, inteligência artificial, big data, entre outras. Sendo assim, ao final do curso, o Engenheiro de Produção formado, é habilitado para otimizar os recursos da empresa, sendo eles humano, de capital tecnológico, além de promover as melhorias necessárias para o processo produtivo.

Engenharia de Produção e a Indústria 4.0

Cunhado oficialmente após a Feira de Hannover na Alemanha, o termo Indústria 4.0 é o que define os últimos avanços da indústria. Especialistas do ramo explicam o atual período como a quarta revolução industrial, uma vez que a tecnologia alterou de forma significativa o dia a dia de grande parte da população mundial.

Nesse contexto, segundo seus autores, Siegfried Dais e Henning Kagermann, a Indústria 4.0 abrange seis pontos principais, sendo eles: tempo real, virtualização, descentralização, orientação a serviços, modularidade e interoperabilidade. Em suma, o que esses conceitos têm em comum é o objetivo de tornar as máquinas mais inteligentes independentes, capazes de operarcomunicar e tomar decisões por si só.

Como base para esses pontos, a quarta revolução industrial apresenta alguns pilares como: internet das coisas, big data, inteligência artificial, manufatura aditiva, biologia sintética e sistemas ciber-físicos. Diante disso, a Engenharia de Produção, é responsável por atuar neste cenário, aplicando as novas tecnologias às linhas de montagem e produção de fábricas, indústrias e demais empresas do ramo produtivo.

Por meio de projetosgerenciamento estratégias, o Engenheiro de Produção deve otimizar os gastos e aumentar a produção, mantendo a qualidade dos produtos e serviços entregues. Para isso, ele, ou ela, utiliza os conhecimentos adquiridos nas áreas de gestão de recursos, administração, economia, produção, tecnologia e inovação.

O mercado atual

Devido ao rápido avanço tecnológico, o mercado para os profissionais formados em Engenharia de Produção se encontra aquecido e com muitas possibilidades. Mesmo com a atual situação mundial, a tecnologia continua crescendo, e por consequência, otimizando os processos produtivos. Sendo assim, o Engenheiro de Produção encontra oportunidades em áreas industriais, bem como em ramos de serviços, turismo, finanças, saúde, entre outras.

Além disso, por ser um profissional capaz de atuar em diversos segmentos, a Engenharia de Produção também oferece vagas em setores alimentícios, siderúrgicos, civis e agroindustriais, haja vista que toda empresa com linha de produção, necessita de um profissional capaz de gerenciar seus recursos, sejam eles humano, de capital e/ou tecnológico.

Quem deseja trabalhar com essa área encontra espaço em todo o país, entretanto, as regiões Sul Sudeste concentram um grande número de profissionais contratados. Apesar disso, as regiões Nordeste Centro-Oeste também estão com um alto índice de contratações para setores da agroindústria. Nessa área o Engenheiro de Produção é responsável pelo gerenciamento, processamento, distribuição  e comercialização dos produtos agroindustriais.

O salário médio para do profissional é de R$6.000,00, porém, o valor pode ser maior de acordo com a regiãograu de formação e local de trabalho. Vale lembrar que a remuneração depende também das atividades realizadas.

Como engenheiro(a), você poderá desempenhar atividades que envolvam o controle e automação dos processos produtivos, analisando seus ganhos e perdas. Além disso, também será sua responsabilidade identificar possíveis problemática, bem como analisar suas causas e traçar planos estratégicos para as soluções de tais eventualidades.

Perfil do profissional formado em Engenharia de Produção

Para atuar nesta área, é muito importante que você tenha um perfil analítico observador, sendo a ponte entre o setores técnicos e o administrativo. Desse modo, você deve saber conversar e se fazer entender nos dois ambientes, sendo um profissional práticoobjetivo hábil na troca de informações.

Alguns grandes influenciadores no processo produtivo envolvem políticaeconomia meio ambiente. Portanto, ao longo do curso você deve desenvolver um perfil críticocriativoestratégico consciente aos temas atuais que envolvam tais assuntos.

Como o mundo está em constante atualização, outro ponto a ser destacado neste profissional, é sua capacidade de adaptação ante as novas demandas do mercado. Sendo assim, é um diferencial na hora da contratação, que você apresente habilidades conhecimentos práticos em promover soluções eficientes.

Carreiras do futuro

Muitas carreiras e profissões já se tornaram obsoletas devido ao avanço tecnológico, exigindo assim que o profissional desenvolva novas competências e habilidades em suas áreas. Diante disso, é possível notar que cada vez mais o mundo caminha em direção as automações. Nesse caso, é preciso considerar o atual cenário político econômico e também traçar uma análise do futuro ao escolher sua carreira.

A área de Engenharia de Produção apresenta grandes possibilidade para o profissional formado. Embora o Brasil esteja em vias de transição para a Indústria 4.0, o momento pode representar uma ótima oportunidade. Isso porque este profissional costuma ser requisitado em todas os setores que envolvam a otimização dos processos produtivos.

Em suma, o mercado está aquecido para este profissional e se você pretende ir por esta área, comece agora mesmo a se profissionalizar. Engenharia de Produção e suas ramificações pode ser uma grande oportunidade para quem busca uma carreira capaz de atuar no futuro.

FONTE: https://www.unasp.br/blog/engenharia-de-producao/