Divulga Vagas - Fofoca dentro da organização. Como superá-la?
Home   >   Fofoca dentro da organização. Como superá-la?
Fofoca dentro da organização. Como superá-la?
09/03/2020   Divulga Vagas 24 Visualizações

 

A fofoca, “conversinha fiada” é um mal que pode estar presente em qualquer lugar, principalmente no ambiente organizacional.

Estudando um pouco sobre o tema, vi uma artigo no qual mencionava uma pesquisa que o LinkedIn realizou, ao todo 17 mil usuários de 16 nacionalidades diferentes, responderam a seguinte pergunta: “O que mais irrita no trabalho. No Brasil, 83%, mencionaram que a fofoca é o item que mais irrita dentro do ambiente organizacional.

Mas como assim? Vivemos a maior parte do dia ao lado de pares e gestores e todos pensam de forma diferente. Respeitar os limites, opiniões e espaço dos outros, tende a ser algo desafiador. Expressões e interpretações mal feitas podem levar ao início de uma grande confusão denominada fofoca. Com certeza isso irá perdurar por um bom tempo, deixando marcas e até sentimentos de raiva e ódio nas pessoas. O poder que a fofoca exerce sobre as pessoas é destrutivo e impacta o convício social, organizacional e mental. Não só da pessoa que está sendo alvo da fofoca, mas também de quem está fazendo a fofoca.

No geral, a fofoca só tem esse caminho porque as pessoas dão abertura para que ela ocorra e se propague, acreditando nela, gerando conflitos e desconfianças.

As sugestões para que isso não ocorra, começa pela a importância que "oferecemos" a esses tipos de comentários. É importante ficarmos longe desse tipo de conversa maldosa, ficando longe das pessoas que gostam de fazer isso, é o primeiro passo. Mantermos a discrição é um fator relevante, para o combate a essa mau. Se alguém compartilhar algo negativo com você, escute, pois você é gentil, mas não se esqueça de filtrar o que está sendo dito. Jogue fora literalmente o que não serve. Seja é positivo, tenha sabedoria e bom senso. Não se envolva na conversa. Seja neutro. Não propague comentários que não servem para nada a não ser para destruir o outro. Ao ouvir uma mensagem de áudio do padre Fábio de Melo (que por sinal é uma pessoa que trás mensagens muito positivas e reflexivas), ele diz que antes de falarmos algo a um amigo ou até mesmo a um familiar, é importante refletirmos sobre como Deus iria receber e agir sobre essa mensagem: caso fosse algo que o deixaria triste ou deprimido, o melhor neste caso é silenciar-se.

Então seja sábio. Se você conhece alguém que tem esse hábito de implantar a sementinha do mal. Mostre-se neutro e inteligente. Procure não se deixar levar pela curiosidade e pela má influência. Não deixe sugarem sua energia POSITIVA!

Como diz Leandro Karnal, Fofoca é a vingança dos FRACOS.

 

FONTE: https://www.linkedin.com/pulse/fofoca-dentro-da-organiza%25C3%25A7%25C3%25A3o-como-super%25C3%25A1-la-nat%25C3%25A1lia-ribeiro-fiorini/?trackingId=MEv4Im4aT8y2whjsknucJg%3D%3D